Casa Civil do Estado de Rondônia

Diretoria Técnica Legislativa - DITEL

Ferramentas do usuário

Ferramentas do site


start:lei_complementar:lei_complementar_543

Diferenças

Aqui você vê as diferenças entre duas revisões dessa página.

Link para esta página de comparações

start:lei_complementar:lei_complementar_543 [2019/08/01 14:37]
barbara criada
start:lei_complementar:lei_complementar_543 [2019/08/01 14:42] (atual)
barbara
Linha 1: Linha 1:
-LEI COMPLEMENTAR Nº 543, DE 21 DE DEZEMBRO DE 2009. 
-DOE Nº 1394, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2009. 
  
  
 +**LEI COMPLEMENTAR Nº 543, DE 21 DE DEZEMBRO DE 2009. **
  
 +DOE Nº 1394, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2009.
  
 Alterações:​ Alterações:​
-Alterada pela Lei Complementar n. 663, de 27/04/2012 
- 
  
 +[[http://​ditel.casacivil.ro.gov.br/​COTEL/​Livros/​detalhes.aspx?​coddoc=742|Alterada pela Lei Complementar n. 663, de 27/​04/​2012]]
  
 Dispõe sobre a criação de estágio remunerado, no âmbito da Secretaria de Estado de Finanças – SEFIN. Dispõe sobre a criação de estágio remunerado, no âmbito da Secretaria de Estado de Finanças – SEFIN.
  
-O GOVERNADOR DO ESTADO DE RONDÔNIA: +O GOVERNADOR DO ESTADO DE RONDÔNIA: Faço saber que a Assembléia Legislativa decreta e eu sanciono a seguinte Lei Complementar:​
-Faço saber que a Assembléia Legislativa decreta e eu sanciono a seguinte Lei Complementar:​+
  
-Art. 1º. Os estagiários da Secretaria de Estado de Finanças – SEFIN, em número máximo de 90 (noventa), sendo 60 (sessenta) vagas para nível superior e 30 (trinta) para nível médio, que auxiliarão os serviços administrativos,​ técnicos, fiscais e serão designados pelo Secretário de Estado de Finanças, após seleção realizada pela Gerência de Educação Fiscal/​GEFE,​ mediante provas e entrevista, dentre alunos matriculados nos cursos de Bacharelado em Direito, Economia, Contabilidade,​ Administração,​ Ciência da Computação,​ Engenharia e Arquitetura reconhecidos pelo Ministério da Educação e Cultura e alunos de nível médio.+<del>Art. 1º. Os estagiários da Secretaria de Estado de Finanças – SEFIN, em número máximo de 90 (noventa), sendo 60 (sessenta) vagas para nível superior e 30 (trinta) para nível médio, que auxiliarão os serviços administrativos,​ técnicos, fiscais e serão designados pelo Secretário de Estado de Finanças, após seleção realizada pela Gerência de Educação Fiscal/​GEFE,​ mediante provas e entrevista, dentre alunos matriculados nos cursos de Bacharelado em Direito, Economia, Contabilidade,​ Administração,​ Ciência da Computação,​ Engenharia e Arquitetura reconhecidos pelo Ministério da Educação e Cultura e alunos de nível médio.</​del>​
  
-Art. 1º. Os estagiários da Secretaria de Estado de Finanças – SEFIN, matriculados em cursos de Ensino Médio ou Superior, que auxiliarão os serviços administrativos,​ técnicos e fiscais, serão designados pelo Secretário de Estado de Finanças, em número não superior a 20% (vinte por cento) do quadro de servidores da SEFIN, após seleção realizada pelo setor competente, mediante provas e entrevistas,​ cujas vagas serão preenchidas em conformidade com a necessidade de cada setor e atendendo ao interesse da Administração Pública. (Redação dada pela Lei Complementar n. 663, de 27/04/2012)+Art. 1º. Os estagiários da Secretaria de Estado de Finanças – SEFIN, matriculados em cursos de Ensino Médio ou Superior, que auxiliarão os serviços administrativos,​ técnicos e fiscais, serão designados pelo Secretário de Estado de Finanças, em número não superior a 20% (vinte por cento) do quadro de servidores da SEFIN, após seleção realizada pelo setor competente, mediante provas e entrevistas,​ cujas vagas serão preenchidas em conformidade com a necessidade de cada setor e atendendo ao interesse da Administração Pública. ([[http://​ditel.casacivil.ro.gov.br/​COTEL/​Livros/​detalhes.aspx?​coddoc=742|Redação dada pela Lei Complementar n. 663, de 27/04/2012]])
  
 § 1º. O estágio visa a complementar o ensino e aprendizagem dos acadêmicos e alunos de nível médio pela obtenção do aperfeiçoamento técnico-cultural,​ científico e de relacionamento humano. § 1º. O estágio visa a complementar o ensino e aprendizagem dos acadêmicos e alunos de nível médio pela obtenção do aperfeiçoamento técnico-cultural,​ científico e de relacionamento humano.
  
 § 2º. Os estagiários serão selecionados para um período de um ano, prorrogável por igual período, com direito a ajuda de custo, cujo valor corresponderá a R$ 700,00 (setecentos reais) para nível superior e R$ 350,00 (trezentos e cinqüenta reais) para nível médio, auxílio vale transporte e recesso de 30 (trinta) dias, a ser gozado preferencialmente durante as férias. § 2º. Os estagiários serão selecionados para um período de um ano, prorrogável por igual período, com direito a ajuda de custo, cujo valor corresponderá a R$ 700,00 (setecentos reais) para nível superior e R$ 350,00 (trezentos e cinqüenta reais) para nível médio, auxílio vale transporte e recesso de 30 (trinta) dias, a ser gozado preferencialmente durante as férias.
- +
 § 3º. O estagiário firmará termo de compromisso,​ através do qual se obrigará a cumprir as normas disciplinares estabelecidas no regulamento. § 3º. O estagiário firmará termo de compromisso,​ através do qual se obrigará a cumprir as normas disciplinares estabelecidas no regulamento.
  
Linha 45: Linha 43:
 VII – pela interrupção do ensino médio, bem como, do curso de nível superior. VII – pela interrupção do ensino médio, bem como, do curso de nível superior.
  
-Parágrafo único. ​ Nas hipóteses deste artigo poderá ser convocado novo estagiário,​ com observância obrigatória da classificação.+Parágrafo único. Nas hipóteses deste artigo poderá ser convocado novo estagiário,​ com observância obrigatória da classificação.
  
-Art. 3º.  O servidor público poderá participar do estágio, nos termos desta Lei Complementar,​ desde que cumpra, no mínimo, 20 (vinte) horas semanais de trabalho na unidade em que estiver lotado ou em exercício.+Art. 3º. O servidor público poderá participar do estágio, nos termos desta Lei Complementar,​ desde que cumpra, no mínimo, 20 (vinte) horas semanais de trabalho na unidade em que estiver lotado ou em exercício.
  
 Parágrafo único. O servidor público que fizer o estágio não fará jus à ajuda de custo e vale transporte se já o receber pelo primeiro contrato. Parágrafo único. O servidor público que fizer o estágio não fará jus à ajuda de custo e vale transporte se já o receber pelo primeiro contrato.
Linha 55: Linha 53:
 Art. 5º. O Poder Executivo promoverá as alterações necessárias na Lei do Orçamento Anual (LOA) e na Lei do Plano Plurianual (PPA) para garantir a aplicação dos ajustes de que trata esta Lei Complementar. Art. 5º. O Poder Executivo promoverá as alterações necessárias na Lei do Orçamento Anual (LOA) e na Lei do Plano Plurianual (PPA) para garantir a aplicação dos ajustes de que trata esta Lei Complementar.
  
-Art. 6º.  Esta Lei Complementar entra em vigor na data de sua publicação.+Art. 6º. Esta Lei Complementar entra em vigor na data de sua publicação.
  
 Palácio do Governo do Estado de Rondônia, em 21 de dezembro de 2009, 121º da República. Palácio do Governo do Estado de Rondônia, em 21 de dezembro de 2009, 121º da República.
  
 +IVO NARCISO CASSOL
  
- 
- 
-IVO NARCISO CASSOL 
 Governador Governador
- 
- 
- 
  
  
start/lei_complementar/lei_complementar_543.txt · Última modificação: 2019/08/01 14:42 por barbara